Muito a conversar

Muito a conversar. Sem sogra, sem filhos, sem nada!

Um dia você acorda e se encara: “Quem é esse velho que me olha no espelho?” Seu nariz e suas orelhas cresceram. Há um a luminosidade clara em torno de sua cabeça.

Muito a conversar. Sem sogra, sem filhos, sem nada!
Imagem: Pixabay

Não, não se trata da aura, mas dos seus — remanescentes? — cabelos. Até seus dentes parecem maiores! E por mais que você “chupe” a barriga, ela não encolhe mais do que um tantinho. E, ainda, as custas de você perder o fôlego.

Continue lendo