É Difícil, Demorado, Custa Caro e Dói.

Minha memória está falhando. Minha cabeça já não é mais tão ágil como antigamente. Gostava de ler. Ficava lá, sentado numa poltrona ou numa rede à sombra por horas. Em tardes de domingo e noites de insônia devorava bons livros.

Idoso Triste

Já não consigo mais dormir pouco e acordar disposto. Problemas que antes me desafiavam agora se tornaram fonte de aborrecimentos diários. Quando minha secretária chega para despacharmos dá vontade de gritar com ela e sair correndo.

Noutro dia me percebi chorando à toa, sem nem saber por que. Foi algo que alguém apontou, no nosso balanço, que me desestabilizou. O que eu levava como meras opiniões de caráter genérico agora eu as tomo por afronta pessoal.

Continue lendo

A depressão de um viúvo

Minha mãe faleceu há um ano e, desde então, meu pai não se arruma, não come, chora à toa e diz que também quer morrer. O que fazer?

Ana Fraiman

Seu pai vive uma crise delicada, que precisa ser tratada com urgência. A primeira providência é levá-lo a um bom clínico geral, um geriatra, e fazer um minucioso exame do seu estado geral. Se ele fala em morrer, não espere muito para lhe dar um atendimento médico e psicoterápico especializado. Depressão pode ser tratada e curada. Tanto ele quanto a família podem precisar de apoio e orientação para reorganizar a vida, pois a dor e o sofrimento afetam a todos: não perca tempo!

Continue lendo