Com o avanço da idade há um desgaste fisiológico natural. Muitas vezes, por problemas de saúde, a única saída é tratar, trocar, cuidar e higienizar o velho.

O corpo do idoso
Imagem: pixabay

Há casos de velhos que urinam incontrolavelmente para capitalizar a atenção e conseguir contato físico com as pessoas que vão tocá-lo. Isso não é consciente.

Outra coisa que é muito comum acontecer: os adultos perguntam ao velho a todo instante sobre o seu corpo: está cansado? Dói, já comeu? O velho acaba entendendo que o importante para as pessoas é se relacionar com o corpo dele e não com ele mesmo e então se dá de “presente” para a família.

Em todos os casos, a família deve verificar a qualidade do diálogo com o velho dentro de casa e também a respeito do contato físico: se ele está recebendo um abraço, um beijo, um carinho dos familiares.

Inscreva-se no Canal Ana Fraiman no Youtube para não perder nossos conteúdos em vídeo: 

 
  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta