"Afinal de contas, quando podemos dizer que uma pessoa é velha? Há tantos jovens sem ânimo para nada e tantas pessoas de idade cheias de energia, que as vezes fico confusa. "

Luciana, são Paulo (SP)

Idade da Velhice
Imagem: shutterstock

Cara Luciana, existem vários conceitos sobre qual é a idade da velhice: o cronológico, o social, o biológico e o existencial. O que conta mesmo é a idade psicológica, aquela em que a pessoa se reconhece como velha, mas não necessariamente adota comportamentos estereotipados de velhos (Rabugice, rigidez, manias etc). É a idade em que os anos são sentidos como “valor” e não como “peso” como conquista e não como derrota, apesar das perdas inevitáveis.

Leia também: Psicologia do Envelhecimento com foco na Doença de Alzheimer 

Todos já somos velhos perante alguma coisa. Há coisas que já passaram e não podem mesmo ser recuperadas, mas é bem diferente dizer “já estou velha para isso”, quando ainda se quer fazer coisas importantes, como estudar, passear, se enfeitar, namorar e fazer sexo. Enquanto há saúde e desejo, sempre é possível realizar o que quer. Pode não ser da forma ideal, mas atendendo aos limites da realidade interior e exterior.

Fonte: Coluna VELHICE da revista CLAUDIA - Por Ana Fraiman

VELHICE - Como conviver com essa realidade
Ana Perwin Fraiman - psicóloga, com curso de aperfeiçoamento em Gerontologia Social pelo Instituto Sedes Sapientiae, SP. e pós-graduada em Psicologia Social pela USP.

 

  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta