Você tem certeza de que jamais deu risada de um disléxico? Você riu com ele ou riu dele?

Você tem ideia do número de disléxicos que, desde crianças, são vistos como anormais? Burros? Preguiçosos? E que, carregar uma imagem distorcida de si próprio, pode fazer a alma sangrar por toda uma vida?
Dislexia não é doença. É diferença.
Você tem ideia de como suas vidas são marcadas pela raiva e pela angústia de não conseguirem fazer o que seus coleguinhas de escola fazem, no mesmo tempo que eles levam para fazer o que precisa ser feito? Dos olhares de superioridade e das risadinhas de que são alvos?

Ah, os insultos que recebem em suas próprias famílias! A injustiça que seus pais cometem por compará-los com seus irmãos ‘normais’! Você consegue dimensionar o tamanho da frustração que carregam em seus peitos amargurados e complexados, por não saberem ler e escrever, por se verem excluídos do que é o mais básico dos básicos para a construção da autoestima: ser aceito e conviver entre iguais?

Assista:

POR CAUSA DISSO, do desconhecimento e dos preconceitos que envolvem os disléxicos e suas famílias é que abracei esta causa! Para engrossar fileiras e fortalecer a missão conjunta da ABD, de:

  • Ajudar dentro da realidade atual o disléxico e os portadores de distúrbios de aprendizagem, buscando incluir principalmente aqueles pertencentes à população menos favorecida economicamente.
  • Atuar para que os disléxicos e os portadores de distúrbios de aprendizagem se transformem em cidadãos produtivos, evitando a marginalização dos mesmos, quer da educação formal, quer do mercado de trabalho.
  • Liderar e agir ativamente nas áreas de diagnóstico, pesquisas, cursos e eventos sobre dislexia e distúrbios de aprendizagem.
  • Colaborar com o governo, em todas as instâncias e, com as  entidades privadas que atuam na área de educação e inclusão.

Leia também:
Curiosidades da Dislexia
Porque falar de dislexia?

  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta