Não há, propriamente, doenças da meia idade. Há doenças que vêm sendo cultivadas por maus hábitos, por excesso, por negligências e se manifestam na meia idade, quando o organismo já está mais comprometido e não consegue recuperar-se tão bem e prontamente, como quando se é jovem.

Saúde do Idoso
Imagem: Pixabay | Tags: Saúde, Idoso, Corpo, Cuidados

Não é na meia idade, então, que adquirimos doenças.

Elas são adquiridas lá atrás, muitas décadas antes, quando não temos consciência do altíssimo preço que haveremos de pagar pelos nossos descuidos.

Quando sabemos disso intelectivamente e, por onipotência, não acreditamos que essas coisas possam vir a acontecer conosco. Por nos consideramos especiais e diferentes, por sermos tão inteligentes e capazes, nos esquecemos de que o nosso corpo é igualzinho ao corpo das demais pessoas, e que, em termos de saúde, inteligência não conta. O que conta é: cuidados e disciplina.

Algumas classes de profissionais são mais sujeitos ao stress continuado e seus reflexos.

Dentre elas, os altos executivos. Vida sedentária, irregularidade de horários, muita adrenalina e competitividade, viagens, tensões exageradas, lautas refeições e, principalmente, as bebidas, o isolamento próprio do cargo, o afastamento afetivo da esposa e pouca convivência com a família, a falta de tempo para se cuidar, tudo isso faz com que esses profissionais “envelheçam mais cedo”.

Seus corpos sofrem abusos decorrentes do seu estilo de vida e, pior, acreditam que deva ser assim mesmo. Cuidam bem de quase tudo, menos de si.

Você moraria em uma casa que está com o telhado furado, os encanamentos entupidos, portas e janelas emperradas, assoalho escorregadio e cama mal feita e dispensa vazia?

Pois bem, essa é a situação de quem continua trabalhando ate a exaustão com a mente encharcada dor, analgésicos e bebidas, artérias comprometidas por altos níveis de colesterol e triglicérides, problemas de coluna e articulações, músculos frouxos e má alimentação. É aí que você mora.

Texto retirado da publicação: A Era do Javali - Verdades em tempo para aqueles que se aposentam. Por Ana Fraiman.

Gostou deste texto? Inscreva-se no Canal Ana Fraiman no Youtube para não perder nossos conteúdos em vídeo: 

 
  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta