É necessário conhecer-se muito bem, para entender porque e em nome de que complicamos as coisas. Só então se está mais apto a cursar uma escola que nos ensina a descomplicar.

Aprenda a descomplicar as coisas

A lição número um:
Se você pensa que uma coisa é complicada, ela será complicada.

A lição número dois:
Leve o tempo que for necessário para decidir se quer ou não enfrentar uma boa encrenca. Definindo-se pelo 'sim, eu quero', então não desista. Vá até o fim. Afinal, tudo que é criado pode ser transformado.

A lição número três:
Descomplicar é tarefa que pode levar mais ou menos tempo. Dependerá muito da sua determinação em viver bem e ser feliz. Não se considere tolo, por tentar e não conseguir logo de primeira. Ao menos, não mais tolo do que as demais pessoas.

A lição número quatro:
Descomplicar é algo que as pequenas crianças fazem muito bem e rápido. E que os velhos sábios levam um mais pouco mais de tempo, mas também o fazem, à perfeição.

A lição número cinco:
Complicar pode ser interessante e até estimulante. Dá um trabalhão e desgasta. Massageia o ego e testa a paciência. Senão a do outro, a nossa própria. Há quem encontre muita graça nos jogos complicadores. Há quem nem se proponha a jogar. Ao final, todos perdem.

A lição número seis:
Complicar é agitado, ruidoso, e causa uma forte impressão de ter-se saído vitorioso. Ao menos interiormente. O chato é que não se pode assumir em público que a gente fez porque quis.

A lição número sete:
Descomplicar é movimento cuidadoso, respeitoso, cujos resultados só são colhidos com humildade. Mas creia: você não se sentirá vitorioso. Você se sentirá realizado.

A lição número oito:
Opte pelo simples, pelo menos extravagante, pelo júbilo da alma, em vez de pelo mérito de seu forte ego. Ao fim e à cabo dos jogos complicadores, o que resta é o perfume da alma e a permanência dos legados que você nem saberá a quem entregou, sem nem querer ensinar a ninguém. E o fez por haver-se conhecido mais profundamente e ter optado por ser uma pessoa de bem.

  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta