Conselhos de uma avó

1. TUDO QUE ACONTECE É PARA O BEM
Tudo que acontece na vida termina por se mostrar a nosso favor, porque absolutamente tudo, por mais terrível que seja no momento, nos leva a crescer e a amadurecer. Mesmo a partir da maior dor, do inimaginável, a vida nos levará a diferentes lugares e situações, nos mostrará coisas, nos colocará próximos a boas pessoas e, sim, nos fará melhores, como pessoas.
Não tenha medo de tentar algo novo e errar feio. O fracasso não existe. O que existe é um resultado diferente daquele que imaginamos ao começar. O que se tem, após, é um ganho de conhecimento muito maior para tentar novamente. Ou decidir partir para outro projeto.
Ao final e, de qualquer forma, tudo faz parte do plano que a vida tem para cada um de nós. O que precisamos é burilar os acontecimentos e aprendermos a amar, sem qualquer senão. Quem ‘manda’ é a vida, não a pessoa.

2. ESCOLHA SER FELIZ, EM VEZ DE ESCOLHER SER RICO.
Muita gente vive a vida pensando que ter muito dinheiro é a chave para a felicidade. Só que a felicidade se baseia nas decisões que tomamos no dia a dia, não nos extratos da nossa conta bancária.
E quer saber? Não existe ‘o’ momento definitivo para ser feliz. De repente, de um simples e casual encontro, pode nascer um grande amor. Ou um excelente negócio. Ou uma oportunidade jamais imaginada, que nos abrirá portas e janelas para o mundo.
Ninguém acorda pela manhã sabendo o que vai acontecer consigo naquele exato dia. E cada pessoa nova lhe aponta um novo mundo. E cada amizade antiga pode ressurgir com muita mais vida para usufruir agora.
Quando você chegar à velhice vai se dar conta de que as coisas realmente boas não tem o menor significado, quando podem ser traduzidas em somas ou moedas. As melhores dessas coisas, como o amor e a amizade não podem ser compradas, somente adquiridas e compartilhadas.

3. DECIDA SER FELIZ. SEMPRE.
Uma das coisas mais importantes na vida é entender que, se você se sente triste e infeliz ou alegre e bem disposto, isso não se deve às circuntâncias externas e independentes da sua pessoa.
Cada um de nós pode decidir ficar triste quando perde algo ou quando não consegue superar um obstáculo.
Quando algo assim lhe aparecer pela frente, sorria. Não é simples, mas é possível. Aceite os obstáculos ao longo da sua vida e atreva-se a vencê-los. Contornar. Transformar seus planos. Aguardar pacientemente por melhores condições ou, simplesmente, aceitar desistir, sem que com isso você sucumba aos sentimentos de ‘falência pessoas’.
Seja lá o que aconteça e do que você tenha que abrir mãos, escolha ser feliz. Este é o verdadeiro segredo da felicidade. Ela estará onde você decidir colocá-la. Então, por que não colocar a felicidade dentro de você e deixa-la estar?

4. DÊ TODA SUA ATENÇÃO ÁS PESSOAS A QUEM VOCÊ AMA.
Quando você perguntar a alguém que lhe é próximo e importante e, esta pessoa lhe responder simplesmente ‘bem’, não aceite isso como resposta.
Olhe-a bem dentro dos olhos e pergunte-lhe sobre seu dia, procure saber com ela se sente e se tem-se sentido feliz ou não.
Muitas pessoas fortes, muito fortes, nestas horas poderão ‘desmoronar’ e cair em prantos. Ou abrirão um largo sorriso e lhe darão um grande abraço de gratidão, que fará você se sentir muito melhor. Farão uma pequena comemoração.
Muita gente se esquece de ‘parar para ouvir mesmo’ as pessoas que ama. Muita gente se esquece do quão delicioso é compartilhar tristezas e, mais ainda, alegrias, com quem não quer saber de mais nada, além de saber como a gente está.
Se você sente que é mais você que demonstra esse interesse e que poucas outras pessoas fazem o mesmo, não se sinta diminuído, nem desprezado, nem mais sozinho e carente. Pode parecer que os demais só o procuram quando têm algo a lhe pedir. Não se preocupe com isso. Outras pessoas também o iluminarão.
Simplesmente, sinta-se feliz por ser uma fonte de luz e de esperança para elas. Isso é abundância. E, de qualquer modo, confie: a energia da abundância se renova. Dificilmente as trocas são justas. Cada qual recebe de diferentes fontes. Mantenha sua Luz acesa e confiante. E você receberá em dobro.

5. ALGUMAS VEZES NECESSITAMOS NOS AFASTAR DE PESSOAS DE QUEM GOSTAMOS MUITO.
Pessoas amadas também podem ficar para trás. Além disso, nem o seu melhor amigo poderá ajudá-lo a tornar-se alguém melhor do que você já é.
Serão necessárias muitas décadas de vida para você se transformar numa versão melhorada da sua pessoa. Tenha paciência e não julgue apressadamente. Alguns amigos poderão, inclusive, induzi-lo a baixar o seu astral.
Não tenha a pretensão de que, só porque você exerce uma boa influência na vida de uma pessoa, ela fará o mesmo em relação a você. Não leve para o lado pessoal. Cada qual recebe e retribui conforme a frequência espiritual em que se encontra.
Em relação àqueles que não o motivam a crescer e a se aprimorar, procure discernir, se o peso da relação se por que aquela pessoa específica está sem Luz própria, ou se você, também, a está desmotivando.
Faz parte da sabedoria aprender a reconhecer de quais pessoas e de quais situações você deve manter distância. Mas não julgue. Soemnte avalie. E passe a estar próximo somente daqueles com quem você se sente leve, livre e animado.
Ande, principalmente, com aqueles com quem você pode ser você mesmo, sem precisar fazer esforços para agradar, quem quer que seja. Ser aceito faz pela saúde do nosso coração, como as águas cristalinas fazem pela limpeza de toda sujeira que asfixia a vida neste planeta.

6. VOCÊ SÓ ENTENDERÁ ALGUMAS COISAS QUANDO FOR VELHO.
As pessoas julgam umas às outras, de acordo com suas ações. Por isso sempre estamos, todos, tratando de agradar, de mostrar o nosso melhor, querendo impressionar bem. Não perca seu tempo com isso.
Há quem confunda ser amado com ser admirado. Procure estar próximo daqueles que o ama. A admiração pode ser concedida, também, a pessoas de quem não gostamos. Esqueça essa coisa de autoimagem. Não coloque seu amor próprio e, nem o seu valor como pessoa, nas mãos de quem quer que seja.
Siga seu coração. Faça aquilo que o leva a sentir-se bem. Claro, sem hostilizar, nem revidar. Não é preciso sentir raiva ou mágoa para se dar bem, nem provar nada. Faça sem medo o que você decidir fazer e, não para provar que você sabe ou consegue sozinho.
Não se restrinja em seus talentos e anseios mais profundos. Não brigue. Somente retruque: - Essa escolha brota do meu coração, do meu estômago, das minhas vísceras. É isso que me faz feliz. Nada contra ninguém. É algo que brota, em pensamentos e sentimentos, direto da minha alma.

7. ENSINE SEUS QUERIDOS, MAS SEM FORÇÁ-LOS.
Você pode ser até mais jovens que eles, mas é também capaz de ajuda-los a crescer. Quem melhor do que as pessoas amadas para nos ensinarem a crescer?
Brigas poderão acontecer. Ataques e acusações mútuas. Palavras pesadas. Caras feias. Vontade de virar as costas e ir embora de uma vez por todas. Quem disse que amar é fácil?
Somente aqueles que amam profundamente conseguem, também, ferir demais aqueles que lhe são próximos. Se uma pessoa estranha ou mais afastada nos diz uma besteira qualquer, deixamos passar e não nos aborrecemos. Quando um pai, mãe, irmão ou filho, um cônjuge ou um amante nos diz algo pesado, ou que nos cai de atravessado, tendemos a aumentar a potência do que foi feito ou dito.
Reconheça que, somente eles conseguiriam nos fazer parar para pensar. E, com isso refletir e, quem sabe, depois de um tempo e, superada a dor, mudar no que for preciso.

8. É MUITO INFANTIL CONTINUAR QUERENDO QUE TUDO ACABE BEM OU TENHA UM FINAL FELIZ.
Como pessoas falhas e, profundamente humanas, todos buscam concretizar a sua visão de final feliz.
Se você reconhece que tem estado em busca deste final feliz por demasiado tempo, o que você precisa fazer é começar a buscar por um novo começo.
Não alimente o medo de ter que deixar tudo para trás e reiniciar do zero. Lembre-se de que, ainda que você seja velho, ainda é tempo de ter tempo. O que é o tempo, quando marcado pelas infelicidades ou, melhor ainda, pela felicidade recuperada e energias redobradas?
Aproveite ao máximo os dias, as horas e os minutos todos, ao lado de quem você ama, a quem você aprecie muito, fazendo algo que lhe agrade muito e, realizando sonhos que lhe pareçam possíveis, mesmo que você esteja seriamente acamado ou, somente, muito gripado!
Não perca suas energias em tentar controlar, em querer fazer parar a roda da fortuna, nem se apegar ao passado ou pensar em quanto tempo lhe resta. Agradeça por estar, milagrosamente vivo aqui e agora, neste planeta. Para onde irá, um dia, quem sabe? Portanto, não desperdice seu tempo buscando respostas para perguntas mal formuladas. Você está vivo? É o que basta.

Texto inspirado por matéria do Tudo por e-mail.

  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Deixe uma resposta