A casa da minha mãe é atulhada de móveis velhos, pesados e feios. Ela pode, mas não quer modernizá-los. Isso não é um tanto mórbido?

Ana FraimanNão são apenas as pessoas de idade que são apegadas às suas coisas. Afinal, esses móveis podem ser preciosos para sua mãe e estão na casa dela. Eles têm uma “história” própria, que ela quer preservar. Insistir em desfazer-se de objetos queridos por ela pode ser sentido como uma agressão à sua pessoa, ainda que você esteja bem-intencionada.

Fonte: Coluna VELHICE da revista CLAUDIA – Por Ana Fraiman | maio/1984

VELHICE - Como conviver com essa realidade
Ana Perwin Fraiman – psicóloga, com curso de aperfeiçoamento em Gerontologia Social pelo Instituto Sedes Sapientiae, SP. e pós-graduada em Psicologia Social pela USP.

Deixe uma resposta