Psicologia é profissão para problemáticos?

Não se deixe pegar por pessoas que comentam que “o mercado está saturado”, “psicologia não dá dinheiro” ou que “só faz psicologia quem é problemático”.

Uma das principais piadinhas é que só vai cursar psicologia quem tem problema. Que são os problemáticos. Assista o vídeo e entenda melhor alguns dilemas, mitos e verdades enfrentados por quem segue ou pretende seguir carreira em psicologia.

Inscreva-se no Canal Ana Fraiman no Youtube para não perder nossos conteúdos em vídeo: 

 
  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Terapia em grupo para viver melhor

"Peço que vocês me indiquem um local onde eu possa fazer terapia de grupo, pois sempre achei que isso poderia me ajudar a viver melhor."

Leila Paiva Goiânia (GO)

Terapia em Grupo
Imagem: Pixabay

Ana Fraiman

Para uma pessoa viver melhor é necessário que ela torne claro para si e para os outros aquilo que ela necessita e, em contrapartida, do que ela dispõe. Um problema que é vagamente formulado praticamente não permite respostas, a não ser igualmente vaga, como é o seu caso. Não se pode indicar uma forma de tratamento específico sem conhecer a pessoa e discutir com ela o que precisamente ela apresenta, o que pretende onde e como encontrar.

Continue lendo

Prazer por estudos não tem idade

"Somos um grupo de amigas que queremos estudar psicologia. Temos todas mais de 60 anos e nem pensamos em voltar à escola, fazer vestibular. Não há condições. Mas como e por onde começar?"

Grupo alegre, Porto Alegre (RS)

Idosos Estudando

Ana Fraiman

Os melhores alunos são aqueles que estudam por prazer e captam o significado do que aprendem. A escola infelizmente, não está preparada para atender à demanda dos idosos, nem em sua estrutura, nem em sua pedagogia. O negócio é partir para o ensino alternativo.

Continue lendo

10 conselhos sobre como lidar com o medo

Como lidar com o medo
Imagem: Pixabay
  1. Quando você pensar que já se conhece o suficiente, alguma coisa vai embaralhar as suas cartas e você será convocado a jogar um novo jogo.
  2. Não tenha medo de trilhar novos caminhos. Tenha medo de que nunca, nada de novo, o atraia.
  3. Confie na sua intuição. Ela haverá de levá-lo aos lugares onde você vai se encontrar. Consulte o seu íntimo. E não deixe de ouvir o que o seu mim responderá ao seu eu.
  4. Na verdade, ninguém sabe o que virá pela frente. Não insista em querer estar no controle, mas abra-se para conhecer mais e mais.
  5. Não deixe de querer muito alguma coisa e se entregar a ela, pelo medo de vir a se decepcionar. 
  6. Ficar parado, em si, já é a própria sensação de decepcionante estagnação. Para que cultivar isso? 
  7. Hesitar, ok. Mas, também, muita certeza não nos cai bem, porque nos rouba a capacidade de nos maravilharmos. 
  8. Pergunte-se: este meu medo do futuro se refere a medos anteriormente vividos? Medos que sinto agora? Ou é falta de amor no meu coração?
  9. Lá atrás, quando você sentiu medo, sabia que conseguiria superá-lo? Então, você não sabia o quanto ainda cresceria como pessoa. Agora, que tal continuar a viver e aprender?
  10. Saiba que a liberdade sempre se faz preceder por muita ansiedade e insegurança. E se faz suceder pelo autorrespeito e pela alegria de viver.
  • Psicóloga formada pela UNIP, Mestre em Psicologia Social pela USP e doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP.
  • Pesquisadora pelo NEF - Núcleo de Estudos do Futuro, com foco no Ecossociodesenvolvimento | Cátedra Ignacy Sachs, alinhada ao United Nations Millennium Project.
  • Coaching de Carreira e Preparo para uma Aposentadoria Sustentável.

Porque falar de dislexia?

Meu tema central não tem sido o envelhecimento? Família e envelhecimento... E agora, dislexia?

Dislexia

Fui convidada a conhecer a ABD e, por que não? Quando alguém quer mostrar seu trabalho para mim, fico querendo conhecer o trabalho desse alguém, que ‘fala de boca cheia’ sobre o que faz e como faz e o bem que isso traz para outras pessoas e famílias. Saí de lá tocada pelo encontro que me abriu novos rumos e interesses.

Continue lendo

Dislexia não é doença. É diferença.

Você tem certeza de que jamais deu risada de um disléxico? Você riu com ele ou riu dele?

Você tem ideia do número de disléxicos que, desde crianças, são vistos como anormais? Burros? Preguiçosos? E que, carregar uma imagem distorcida de si próprio, pode fazer a alma sangrar por toda uma vida?
Dislexia não é doença. É diferença.
Você tem ideia de como suas vidas são marcadas pela raiva e pela angústia de não conseguirem fazer o que seus coleguinhas de escola fazem, no mesmo tempo que eles levam para fazer o que precisa ser feito? Dos olhares de superioridade e das risadinhas de que são alvos?

Continue lendo

Bolsa de Mulher

Bolsa é algo que nos fascina. Sair de casa sem, parece sair despida.

Ana Fraiman

Fico aqui me perguntando de onde vem esse fetiche. Se nato ou adquirido, de qualquer modo, robusto e bem desenvolvido. Bolsas guardam segredos, mas também são indiscretas. Revelam a idade que temos.

Bolsa de Mulher
Imagem: pixabay

Antes de nascer, vivemos todos dentro de uma bolsa. Ela se chama útero. Confortável – até certo ponto – e quentinho. Tudo de que precisamos está lá. Até que um dia, arriscamo-nos a vir ao mundo: sem nada nas mãos! Caso sério.

A mamãe, porém, logo dará um jeitinho. Não sairá de casa sem levar uma bolsa junto com os nossos pertences. Seus próprios pertences, talvez, os enfie em meio aos nossos, talvez os leve pendurados num dos ombros. Mas a nossa bolsa não vai faltar. Talvez nos carregue a tiracolo, numa cestinha ou nos coloque num de seus bolsos? Duvido, mas há mamães muito práticas, enquanto outras, nossa, não sei nem o que dizer.

Continue lendo

A inteligência artificial pode ser uma ameaça?

Apesar de pouco discutido na sociedade, a IA - Inteligência Artificial é tema de debate constante entre pesquisadores e acadêmicos. E como tenho pensado, igualmente, sobre questões de futuro para 2040, pelo NEF – Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-SP, quando me deparei com esta matéria, logo me entusiasmei por indicar sua leitura no meu Blog.

Convido-os a se aproximarem mais de tais desafios, que já batem à porta das nossas casas. Vale muito a pena, especialmente pelas questões éticas que o envolvem.

Inteligência artificial
Acidente envolvendo robô K5 e criança levanta discussão sobre a segurança de inteligência artificial / Divulgação

http://www.inova.jor.br/2016/07/14/inteligencia-artificial-robos/

A inteligência artificial pode ser uma ameaça?

14/07/2016 • Posted under: Futuro by Mariana Lima

Tags: Elon Musk, Google, IBM, innovation, inovação, Inteligência artificial, Isaac Asimov, Knightscope, OpenAi, Stephen Hawking, tecnologia, Universidade Berkeley, Universidade Stanford, Volkswagen

Acidente envolvendo robô K5 e criança, em shopping center, nos EEUU, levanta discussão sobre a segurança de inteligência artificial / Divulgação

O acidente envolvendo um robô k5 de segurança e, uma criança, na última semana num shopping center do Vale do Silício, retomou a discussão social sobre a segurança – ou falta dela – na relação entre humanos e máquinas com inteligência artificial.

Continue lendo