Para se comunicar bem com a pessoa que tem Alzheimer

Ana Fraiman, psicóloga. SP, 2017.

Alzheimer
Alzheimer | Imagem: Pixabay

  1. Fazer perguntas simples e, uma de cada vez.

O pensamento comum é muito veloz. Especialmente para quem está habituado a resolver muitas coisas num pequeno espaço de treino. Para quem tem alzheimer, o pensamento se processa de forma muito mais lenta e, por vezes se interrompe a meio caminho.

Para quem já pensou nalguma coisa que precisa ser feita ou resolvida, a resposta aparece de imediato ou demora muito pouco para se revelar a nossa mente.

Continue lendo

O tempo é caminho de mão única

"Embora tenha sido uma mulher de muita força e vigor, esmoreci. Será que posso voltar a ser o que era?"

Helena Costa, Campos (RJ)

Senhora de vigor
pixabay

Ana Fraiman

A vida, Helena, é caminho de mão única, sem retorno, nada se repete. Não há ensaio, o espetáculo é para valer o tempo todo. Você quer saber se depressão tem cura. Tem sim, e isso não tem nada a ver com a idade cronológica e sim com a complexidade dos problemas. Quando se é jovem, se é também arrojada, impetuosa e se tem a impressão de ser possível conquistar o mundo! Com o passar dos anos, a força e o vigor físico diminuem, o ritmo se altera e se desacelera. As pessoas se tornam mais seletivas e menos sensíveis. 

Continue lendo

Ter estado no topo não significa voltar ao topo

Para você voltar ao mercado numa boa colocação, além dos quesitos específicos para seu bom desempenho e de seu vasto currículo, deverá estar alinhado com a nova linguagem do mundo organizacional.

Aposentado de volta ao trabalho
shutterstock

“Quando eu ocupava o cargo de diretor financeiro de uma grande montadora, tinha duas secretárias diretas, além das demais, que nos serviam nas ocasiões em que o volume de trabalho aumentava. Todos ali tínhamos a maior dedicação e vezes sem conta permanecíamos, muito além do horário, em intermináveis reuniões. Claro que, algumas delas, ineficientes. Mas éramos uma equipe e todos colaboravam. Hoje estou trabalhando numa pequena empresa familiar.

Não fui treinado para isso. Não há equipe. Há os donos, eu e uma única secretária para todos. Então, sou eu mesmo que tenho que desenhar as planilhas. Perco um tempo danado! Sinto-me inoperante. Acostumei-me com a ação. Hoje, sinto que cumpro ordens. Além do que, ganho um terço do que ganhava antes. Minha esposa e meus filhos dizem que estou melhor, mais conversável, menos estressado. Mas dentro de mim, não consigo conviver bem com a nova situação. Sinto que perdi tudo aquilo pelo qual lutei a minha vida toda.”

Continue lendo

Ciúmes de avó

"Toda vez que precisa sair, minha nora deixa meus netos com a mãe dela. Eu fico ressentida com isso, porque afinal de contas nós duas somos avós. Como resolver esse problema?"

Carmem Lúcia Barbosa, São Paulo (SP)

Avó com ciúmes
Imagem: Pinteret

Ana Fraiman

Será que você não está com um pouquinho de ciúmes, Carmem? Isso pode estar fazendo você se sentir ressentida, o que é dolorido em qualquer situação. Mas queixar-se só vai agravar a situação e deixá-la ainda mais ressentida como você conta. Esteja disponível, mostrando à sua nora boa vontade e afeto no momento de estar com os netos.

Continue lendo

O que é virtude? Será que eu tenho alguma?

Virtude é um traço moral por meio do qual a pessoa pode formar competências essenciais para a vida pessoal e profissional.

Por Leo Fraiman*

Virtude
Imagem: Pixabay

É virtude uma atitude que a pessoa escolhe adotar diante de determinada situação. Uma pessoa que tenha medo de se expressar, por exemplo, pode usar a coragem para subir em um palco e falar em público. São as virtudes de cada um que levam a competência latente a se tornar efetiva.

As suas virtudes vão impulsioná-lo nos momento difíceis da vida. Serão como seu farol de navegação e seu combustível na vida para uma maior empregabilidade.

Continue lendo

Aposentados bem qualificados no mercado de trabalho

O mais provável é que, num novo emprego, seu chefe sinta-se ameaçado por você. Ou que você se sinta atemorizado por uma chefia mais jovem e mais bem preparada.

Trabalhador Aposentado
Foto Ilustrativa: Pixabay

“É engraçado observar como o meu gerente me olha torno. Parece que tem medo de mim, de ser reprovado, sei lá o quê. Imagine, eu ter que pedir para a firma comprar um rolinho de papel de fax e o cara tirar do bolso o dinheiro para eu ir comprar. Não é que eu não possa fazer isso, mas é constrangedor para os dois. Os donos dão para ele um certo dinheiro, semanalmente e, quando acaba, quando não tem o suficiente, o serviço para, porque ele não pode pedir mais. Os donos não dão. Então, o serviço para. Você já viu isso?! O serviço para. Acho que eu também faço cara de quem não gostou. Só que eu não vejo a minha cara. Só vejo a dele. E é dose! Tive que aprender a andar no ritmo deles, mas não consigo deixar de pensar que estou trabalhando numa firmeca de merda. Fazer o quê? Foi o que me apareceu. E dadas as circunstâncias, nem tenho do que reclamar, já que ainda consigo ganhar algum...”

Continue lendo

Romance à meia idade

"Voltei a namorar com um jovenzinho: às escondidas. Se meus filhos souberem vai ser um Deus nos acuda. São moralistas e idolatram o falecido pai. Continuo ou desmancho o namoro?."

Selma Antares, Gramado (RS)

Idosa Romântica
Imagem: Shutterstock

Ana Fraiman

Mas é tão simples assim: continuo ou desmancho? E onde ficam seus sentimentos? E seu namorado, não tem voz ativa nisso tudo? Pondere junto com ele se já não é tempo de revelarem o romance ou se por enquanto vocês vão mantê-lo às escondidas. Mas enquanto houver dúvidas da sua parte e da dele, sobre a vontade de cada um conquistar essa vida em comum, a opinião dos seus filhos vai ter muita força de argumento.

Continue lendo

Como usar melhor o poder da mente? O que é neuróbica?

O sucesso, na maioria das vezes, é alcançado por meio do poder que temos em nossa mente. É a ferramenta que nos conduz pela vida. É pelo poder da mente que aprendemos a ser ou que nos tornamos mais flexíveis, criativos e que encontramos as soluções para as situações que vivemos.

Por Leo Fraiman*

Neuróbica
Imagem: Pixabay

Qual é a dimensão desse poder? Como desenvolvê-lo?

Leia a seguir algumas curiosidades:

Continue lendo